T-Shirt Stories

Um documentário filmado com pessoas reais envolvidas com o mercado de produção de camisetas. Imperdível!.

Threads Not Dead

Um livro completo lançado na gringa onde é descrito tudo o que você precisa saber para ganhar dinheiro com camisetas.

Etiquetas de camiseta

Um detalhe que às vezes pode passar despercebido para quem faz camisetas pode fazer toda a diferença para quem compra.

Camisetas com detalhes interativos

Pequenos detalhes fazem a diferença: uma cortina que pode ser aberta, uma camiseta com uma etiqueta de verdade, um aspirador sugando a camiseta e por aí vai.

Saiba o que é o foil na estamparia de camisetas


A estampa Foil é um papel bem fino (película de poliester) que possui características matálicas e bastante brilho. Possui também texturas holográficas.

Para ser transferida na camiseta, primeiramente é necessário aplicar uma cola na área onde ficará a arte.

Neste video é feita através de um vinil especial com cola recortado numa plotter, porém pode ser feita através de uma tela de silk, onde ao invés de utilizar uma tinta, será utilizada uma cola.

Após a cola estar na camisa, é colocado o papel Foil sobre a camisa e assim com ajuda da prensa térmica (já vi aplicando sem prensa), é fixado o papel somente onde tem cola.

O único problema sobre este tipo de estampa, é que o Foil se oxida facilmente com o contato do suor e calor humano. Problema resolvido por alguns fabricantes atualmente, mas é preciso consultar com seu revendedor ou serigráfo.








Compartilhar

E-mail: designdecamisetas@gmail.com

Quando a camiseta ganha vida…



“Felicidade é ser mais rock e menos pop…
Felicidade é que sua sogra viva no exterior
Felicidade é Ctrl Z…
Felicidade é que o filme seja melhor que o livro”


Client: Hershey's
Agency: Y&R
Production Company: Nakd / The Ebeling Group

Directors: Christopher Bahry, Alexandre Torres
Music/Sound Design: John Black, Cypheraudio
Illustration: Sebastian Onusfszak
2D Animation: Vini Nascimento, Leo Mateus
3D: Marcin Porebski, Vini Nascimento, Alexandre Torres
Editor and Compositing: Christopher Bahry
Producer: Samara Melanson
Assistant Producer: Valery Gore




Compartilhar

E-mail: designdecamisetas@gmail.com

Dez dicas para usar camisetas




As dicas são de Ricardo Oliveiros, na coluna Hora H do Uol Estilo Moda.

1. Mesmo se seu ambiente de trabalho permite o uso de camisetas, evite as muito coloridas, com frases engraçadas ou do seu time preferido;

2. Se estiver fora de forma, esqueça os modelos muito justos, muito estampados ou com listras horizontais;

3. Listras horizontais são ótimas para homens magros e altos;

4. Homens de estatura baixa podem usar camisetas no mesmo tom da calça para alongar a silhueta;

5. Nos finais de semana ou ocasiões informais, como cinema, balada, bar, aproveite para usar cores e estampas para sair da mesmice do azul marinho, cinza, preto;

6. Em situações informais, camisetas podem acompanhar jeans e blazer;

7. Em dias muito quentes, a camiseta usada por baixo de camisa ajuda a reter a transpiração;

8. Um bom modo de guardar as camisetas, na mala ou no armário, é enroladas em vez de dobradas;

9. Evite lavar camisetas na máquina, torcê-las e pendurar diretamente ao sol; lavagem à mão e secagem à sombra aumentam consideravelmente a vida das camisetas;

10. Evite usar a mesma camiseta para praticar esporte e para sair. Dê preferência as de tecidos tecnológicos para atividades esportivas, e de fibras naturais para o dia-a-dia.





Compartilhar

E-mail: designdecamisetas@gmail.com

Técnicas de impressão em camisetas



SERIGRAFIA (SILK SCREEN)
É um processo de impressão por fotolitos e telas. Ainda é o único processo de impressão em camisetas que utiliza tinta para tecido. Por isso é o único que tem plena resistência a lavagem, sendo indestrutível.

Pode-se obter um resultado de alto brilho, e textura de diversos tipos, aplicando pastas a base de plastisol. Existem tintas capazes de criar diversas texturas e efeitos, desde "toque zero, relevo... até aromas". O custo de impressão de pequenas quantidades por este processo é bastante alto. É um trabalho de arte e por isso obtém resultados extraordinários.

Pode ser aplicado em qualquer tipo de substrato, têxtil ou não.


SUBLIMAÇÃO TOTAL
É impressa uma folha por processo de off-set, ploter ou impressora fotográfica, que depois é transferida por
evaporação para a camiseta. Só pode ser impresso em tecidos 100% poliéster de cor branca.


POWER FILM
É um tipo de vinil recortado em plotter. É transferido para a camiseta por prensa térmica. Tem resistência a lavagem bastante razoável. Existem varias opções de cores e até de cromados e aço escovado, que são efeitos que outros processos não alcançam. Só serve para aplicação de logos e frases em apenas uma cor na camiseta. Pode ser aplicado em algodão ou sintético.


CROMIA
É uma especialidade da serigrafia. Usada para impressão de imagens com resolução fotográfica, quando se deseja a durabilidade da serigrafia, unida a resolução fotográfica do transfer.

É um processo que precisa de alto conhecimento técnico e tem custos muito elevados para produções pequenas. Pode ser aplicado em camisetas de algodão ou sintético.


TRANSFER DIGITAL
Este é o processo de impressão oferecido por 99% dos sites da internet. Este é o metódo de impressão mais barato que existe, e também o pior em beleza e resistência a lavagem. É ideal para pequenas tiragens e camisetas que serão rapidamente descartadas (imagens fotográficas / com degrade / sem separação clara entre as cores / imagens com sombras)

Nem sempre a estampa fica exatamente da cor do arquivo enviado (podem ocorrer alterações de "tom") Podem ocorrer alterações de resolução na imagem, já que a estampa é cópia (copia sempre é inferior ao original) A estampa é opaca (plástico quadrado colado na camiseta) É impressa uma folha em impressora de computador ou xerox, que depois é aplicada por prensa térmica na camiseta.

É boa opção para baixas demandas e reprodução de imagens fotográficas. Camisetas pretas, ficará impresso quadrado "branco ou preto", se o desenho não for uma figura geométrica de fácil recorte (caso de letras) Não existe transfer "pior / melhor / com outro nome / ou vindo da lua"... Transfer é tudo igual, todos tem os mesmos problemas de qualidade, aparência e resistência. Pode ser aplicado em camisetas de algodão.


TRANSFER LITOGRÁFICO
É um processo de impressão por meio de off-set.  As tintas da impressão não são ideais para tecido, mas tem resistência a lavagem razoável. É indicado para produção de camisetas promocionais em grande quantidade, quando se espera um resultado razoável, definição de detalhes, e não se tem uma grande preocupação com a beleza da impressão.

Pode ser aplicado em camisetas de algodão ou sintético.


TRANSFER SERIGRÁFICO
É um transfer produzido por serigrafia. Tem as mesmas propriedades de qualidade e beleza da serigrafia convencional. Se utiliza este tipo de processo, quando se tem necessidade de ter as estampas já impressas e estocadas, mas não se pretende na hora, por motivos de estoque ou transporte, te-las impressa na camiseta,

Pode-se fazer as estampas e posteriormente, por meio de prensa térmica, aplicar na camiseta. É um processo caro e necessita alta demanda de cada modelo para se tornar viável. Não é possível se produzir este tipo de estampa em quantidades pequenas devido ao custo de fotolitos e telas.

Quem trabalha com este tipo de transfer, necessariamente trabalha com impressão serigráfica direta no
tecido também. Portanto, não se utiliza este tipo de técnica para imprimir camisetas por encomenda.

Esta técnica é utilizada quando o cliente pretende comprar apenas a estampa, para posterior transferência na peça. Não há lógica em se produzir a estampa por este processo, e entregar ao cliente já transferida para o tecido.


FOIL
É um tipo de papel refletivo que tem características de brilho intenso e metálico. É aplicada uma cola especial na camiseta, e depois através de prensa térmica, transferido para o tecido a propriedade metálica do papel.

O foil tem resistência a lavagem relativa e oxida rapidamente quando em contato com o suor e calor do corpo humano.


TRANSFER SOLVENTE
A estampa é produzida através de uma plotter de impressão de alta definição e recorte preciso. Esta estampa é transferida para o tecido por termo-transferência. A grande diferença deste tipo de transfer é que ao contrario do transfer digital, não sobram bordas e nem fundo na estampa.

Como todo transfer, sua resistência é condicionada ao capricho com que a peça é lavada. Comparativamente a outros tipos de transfer é um produto bastante superior. Comparando a resistência e qualidade que a estamparia têxtil profissional por serigrafia pode chegar, este produto deixa muito a desejar.

As tintas usadas são próprias para impressão em vinil (do que são feitos estes transfers), mas não são próprias para lavagem em maquina de lavar roupas.


SUBLIMAÇÃO LOCALIZADA
Só é possível imprimir em tecido sintético (100% poliester) de cor branca. É produzida por meio de uma impressora com tinta sublimatica um transfer. Pelo processo de termotransferencia esta é passada ao tecido.

Tem excelente  resistência a qualquer tipo de lavagem.

Não existe sublimação localizada em tecido colorido.


Fazendo transfer em camiseta


Acompanhe o passo-a-passo da minha primeira experiência com transfer em camisetas. Não é muito difícil, mas também não é tão simples como eu imaginava!

Primeiro preparei a imagem para impressão no computador. Fiz uma coisa simples no Corel Draw só para testar mesmo, nada muito complicado. Antes de imprimir, lembrei de espelhar a imagem. Se você não fizer isso a sua estampa vai sair ao contrário!!!

Depois de imprimir na impressora e recortar
Aplicada na camiseta

Imprimir é a parte fácil. A minha impressora tem ainda a opção de impressão especial para transfer, mas isso não é necessário. Qualquer impressora jato de tinta pode imprimir sobre o papel transfer. O lado a ser impresso é o branco e liso, o lado com hachuras ou desenhos é a parte traseira onde você vai passar o ferro por cima depois.

Na hora de cortar a imagem, deixe uma borda de mais ou menos 1 cm e corte os cantos arredondados para evitar que soltem quando você for lavar a camiseta.


Agora a parte que achei que seria mais simples: preparar a camiseta (ou nessas fotos, uma regata). Em primeiro lugar, a camiseta utilizada  deve ser 100% algodão, esse tipo de transfer não funciona sobre tecidos sintéticos! Ela precisa estar passada e bem esticada para evitar bolhas ou rachaduras. O ferro deve ser o mais comum possível, nada de ferro à vapor por causa dos orifícios de saída de vapor. 

Deixe a camiseta esfriar caso tenha acabado de passar. O ferro deve ser ligado um pouco antes e já estar aquecido. Coloque a camiseta sobre uma superfície plana (no caso eu usei uma mesa, mas cuidado caso use lustra móveis ou cera sobre ela!).


Agora coloque a estampa sobre a camiseta no lugar desejado, com o lado do desenho para baixo, e ponha uma folha comum de sulfite branco por cima. Não passe o ferro direto sobre a estampa.  Passe o ferro devagar e em movimentos circulares sobre a folha e a estampa por vários minutos. Faça um pouco de pressão com o ferro para o transfer sair do papel e colar na camiseta.




Para ir na aula de Pilates ficou boa!

Quando o tecido esfriar, retire por uma das pontas com cuidado. Caso ainda não tenha fixado na camiseta, coloque novamente uma folha branca por cima e volte ao ferro de passar.

Agora que a imagem está totalmente transferida, está pronta para ser usada!



Como lavar depois?

Transfers não possuem uma vida útil muito longa, por isso tome os cuidados necessários. Não use alvejante, não deixe de molho, lave do avesso em água fria. Se possível, lave separada das outras roupas à mão. Evite máquina de secar roupas e lavagem à seco. E quando passar, obviamente, não passe o ferro sobre a estampa.





E-mail: designdecamisetas@gmail.com